#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

segunda-feira, 20 de junho de 2016

SÃO PAULO É QUASE O MUNDO TODO

São Paulo é como o mundo todo
No mundo, um grande amor perdi
Caetano Veloso - Vaca Profana


Como toda cidade cosmopolita São Paulo é desenhada por multinacionalidade, culturas, crenças, jeitos diferentes de ser. É italiana, japonesa, chinesa, árabe, espanhola, judaica, portuguesa, africana, latina, brasileira. Essas faces estão presentes na arquitetura, nas opções gastronômicas, nas vestimentas, nas histórias das pessoas que vivem por aqui. 

Para compreender este lado uma visita significativa é o Museu da Imigração. Saiba como chegar aqui. Tem visita virtual. O memorial é extremamente interessante. Funciona no prédio da antiga Hospedaria dos Imigrantes, na Mooca.

A concepção do museu é muito interessante. Começa com uma reflexão sobre os deslocamentos humanos na história. Migrar: experiências, memórias e identidades. Uma visão geral dos processos migratórios com enfoque nas especificidades brasileiras.

Algumas salas de imersão causam bastante impacto, como o reprodução do dormitório, da sala de aula, do refeitório. A sensação é de volta no tempo.



Dentro do acervo algumas peças de época chamam atenção, mas o lado humano se destaca através das fotografias, do registro de narrativas em vídeos, cartas preservadas.

Uma diversão é encontrar o sobrenome no mural de madeira onde estão gravados mais de 14 mil sobrenomes de imigrantes. 

Consegui encontrar pelo menos um dos meus sobrenomes. 

Investi também num passeio na velha Maria Fumaça Mooca Bras (vejam só ela é minha xará). 


Pode ser que o passeio já tenha sido bom, mas agora foi decepcionante, o trajeto super curto apesar da boa explicação dos monitores sobre a história dos trens. Assim, não recomendo, só se você for muito interessado em trens.



É possível fazer muitos outros passeios para explorar o lado internacional da cidade. Passear pelas ruas da Liberdade, o bairro oriental de Sampa é um deles. Comprar ingredientes para preparar comida japonesa, ou louças originais maravilhosas e sem dúvida experimentar a deliciosa comida oriental.
Outras idéias:

  • Aproveitar a culinária italiana na tradicional rua Avanhadava ou na novíssima Eataly Brazil. 
  • Experimentar a comida grega do Kouzina.
  • Comer doces portugueses na Casa Matilde

0 comentários:

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO