#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

CAMINHANDO POR SANTIAGO - CENTRO HISTÓRICO

Gosto da liberdade de passear por uma cidade com um mapa na mão e algumas referências, dadas pelo relato da experiência de outros visitantes e ir deixando a viagem acontecer. Circular junto com que vivem na cidade, nos transportes públicos e ir descobrindo, ou redescobrindo, lugares especiais. 


Aqui o contraste entre o antigo e o novo, nas ruas do Centro Histórico, onde comecei a revisita

Aqui estou na Praça de Armas, misturada aos muitos turistas de várias partes do mundo. 


Entrei na Catedral, aproveitei o silêncio e agradeci a Deus pela graça de estar com saúde e de ter o privilégio de viajar.



Depois no Museu Histórico Nacional um resumo da história do Chile através dos objetos, pinturas, fotografias. Mas a história prossegue da alegria das crianças que visitavam a instituição e nos servidores públicos que protestavam na praça por melhores salário.




Prossegui a caminhada até o Palácio da La Moneda, sede do governo, a visita só é possível aos finais de semana.


Foi daqui que saiu em 1973 o corpo o presidente socialista Salvador Allende, coberto com o poncho, a porta pela qual saiu foi emparedada pela ditadura militar. Após a democratização voltou a ser aberta e construído monumento em sua homenagem.

Depois do almoço, no Mercado que vai merecer um post. 

Durante a tarde fiz outra visita interessante foi ao Museu de Arte Moderna, instalado num belo prédio neo clássico.




Aqui faço parte da instalação de um dos artistas contemporâneos em exposição.

Quem quiser caminhar menos poderá optar pelos ônibus turísticos, que circulam pela cidade, parando em pontos estratégicos. Custam 35 dólares e a pessoa pode circular durante todo o dia, subindo e descendo. 

3 comentários:

Ramon Prates 2 de dezembro de 2013 16:39  

Tenho muita vontade em visitar Santiago.

Marcio Melo 7 de dezembro de 2013 10:13  

Eu também tenho vontade de conhecer Santiago!

Tucha 7 de dezembro de 2013 13:16  

Ramon e Márcio, vale a pena, é só usar milhas do cartão de crédito como fiz e explorar a cidade.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO