#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

SALAR ATACAMA E LAGUNAS ALTILANICAS

Acordar bem cedo e enfrentar o frio da manhã atacamenha com disposicão e agasalho. Caminhando entre os vulções, vamos subindo cada vez mais. Nosso destino o grande Salar de Atacama na Reserva Nacional Los Flamencos, onde iremos desfrutar da imensidão da paisagem. 

Começamos com a Laguna Chaxa, aqui estou eu caminhando pelos "senderos" cercados pela pedras de sal. 



Apesar de não ser muito grande encontramos nesta lagoa um dos principais atrativos do Salar - os flamingos.





No meio de tanta beleza tomamos nosso café da manhã, preparado pelo guia e motorista: chá, pão com queijo e ovos mexidos. Recuperando forcas para subir um pouco mais. Chegaremos aos 4200 m acima do nível do mar. Meu nariz reclama e sangra um pouco.




Chegamos as Lagunas Miscanti Y Miñiques na base dos vulcões da Cordilheira dos Andes, vamos contemplando no caminho toda a beleza que a natureza criou por aqui.

Vejam quem encontramos pelo caminho... uma alpaca.


É tanto deslumbramento que fico rodopiando com a câmara fotográfica, clicando para todos os lados, pensando em compartilhar aquilo com os amigos. 

Lamentei não ter uma câmara panorâmica para que pudesse aproxima-los do que em contemplava. 





Então o que ofereco a vocês são pedacos das lagoas para que montem o quebra cabeca. Quem quiser vê-las plenamente vai ter que vir até aqui ou comprar um livro de fotografia de um profissional.


Uma brincadeira do nosso motorista, um pequeno truque fotográfico me faz poderosa.


No retorno uma parada no povoado de Socaire, onde visitamos a pequena igreja de adobe com o seu campanário. 


Descubro neste pequeno oásis que o deserto pode ser fértil. Vejam a plantacão de hortalicas.



Outra parada em Socaire, onde um casal de lhamas são a atracão passeando calmamente na praca deixando-se fotografar pelos turistas.



Na pequena igreja local impressiona uma escada construída com madeira de cacto, observem o detalhe do material.




3 comentários:

Marcio Melo 27 de novembro de 2013 17:01  

Não sei se teria coragem de viajar pelos desertos, mas com certeza parece tão lindo vendo as fotos.

Adorei a Lhama e Alpaca

Bergilde 28 de novembro de 2013 06:36  

Grande aprendizado certamente adquirido através destas maravilhosas excursões em lugares de uma beleza natural assim tão deslumbrante.Encantada com seus relatos e fotografias aqui partilhados,abraço fraterno!

Ramon Prates 2 de dezembro de 2013 16:47  

A foto segurando a pedra é sensacional. ahahahah

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO