#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

terça-feira, 29 de março de 2011

MINHA SALVADOR



A MUITO, revista dominical do Jornal A Tarde, trouxe como reportagem de capa uma matéria em homenagem aos 462 anos de Salvador. Nela moradores ilustres falam das suas memórias afetivas em lugares da cidade. O texto dos jornalistas Emanuella Sombra e Vitor Pamplona, evoca que uma cidade também se define pelas linhas de memória de quem vive nela.

É claro que não fui convidada para fazer parte (rs,rs,rs) mas como tenho este espaço decidi remexer nas minha memórias afetivas e escolher um ponto da cidade pra falar da minha relação com a cidade onde moro.


Já falei por aqui um pouco sobre a minha história pessoal com a cidade. Cheguei num navio e a minha primeira visão da cidade, foi do elevador e todo o centro. Embotada pelo tempo, eu tinha cerca de quatro anos, a imagem permanece, a sensação foi de deslumbramento.

Contemplar a baía de Todos os Santos é a minha forma de amar a cidade, minha declaração de amor cotidiana. Lembro que quando vim morar aqui, aos 17 anos, cheia de sonhos, quando ficava angustiada pela saudade de casa, pelo medo de não passar no vestibular, corria para o pátio do Museu de Arte Sacra, geralmente no final da tarde e passava um tempo recuperando a energia contemplando o mar.

Hoje, sempre que posso, arrumo um tempo para desfrutar do por de sol na baía. O lugar escolhido é quase sempre o Museo de Arte Moderna. Saio de lá com outra energia e cada vez mais apaixonada pela cidade.

Sei que ela tem muito problemas urbanos, a mobilidade está comprometida pela falta de investimento, e muito mais complicado que isto, temos a desigualdade social, a violência. Mas prosseguimos lutando para que a cidade melhore. As fotos que ilustam o post foram tiradas por mim no dia 20/03/11, desculpem pela qualidade, foram feitas com o celular. Salve Salvador.

7 comentários:

Bel 29 de março de 2011 19:50  

Também amo as vistas de Salvador, da Baía, do mar, do por-do-sol...
Parabéns pra minha cidade!!!
Bjooo

Flavia 29 de março de 2011 21:10  

Tucha, você tem o contato dessa pessoa que fez intercâmbio depois de aposentada??? Quero fazer uma série especial lá no blogf e ela seria bem bacana. Se ela topar, passa meu e-mail, por favor: assessoria@flaviamariano.com.

Obrigada!

Beijos

Marcio Melo 31 de março de 2011 08:12  

O por do sol do MAM é para mim também o melhor da cidade.

Adriana Alencar 31 de março de 2011 15:43  

Fui uma única vez a Salvador, me apaixonei pela cidade e já está na lista das viagens que quero fazer com o marido logo que as crianças crescerem um pouquinho.
Beijo
Adri

Bergilde Croce 1 de abril de 2011 13:53  

´Tucha,sei que já disse em algum post anterior por aqui,mas a Bahia,Salvador,moram no meu coração!
Meu abraço pra ti,bom final de semana nessa terra linda e abençoada por Deus!

Liège 3 de abril de 2011 22:41  

Ainda não conheço Salvador e depois de ler seu relato fiquei com mais vontade ainda de conhecer essa linda cidade.
Beijos.

Georgia 4 de abril de 2011 12:12  

Vc e a Bel me deixaram com saudades de Salvador.

Boa semana

Bjao

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO