#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

sábado, 26 de fevereiro de 2011

QUAL É O SEGREDO ?

Uma das questões que nos angustia é o fato de que envelhecemos e morremos, é duro conviver com este limite. Desta forma os temas relacionados a longevidade sempre geram muita repercussão.

Causou muita conversa no meu ambiente de trabalho a bizarra história de uma inglesa de 103 anos que atribui a sua longevidade ao fato de nunca ter feito sexo. É claro que as nossas considerações, e as que vi nos debates pela internet, sobre à proposta foram totalmente discordantes da velhinha.
Preferimos viver menos e sermos mais felizes. Apesar de esboçar um sorriso, o rosto da centenária não parece dos mais felizes, disse alguém. Só podia ser uma inglesa, disse outro.

Mas as declarações da centenária contrariam também as pesquisas cientificas sobre longevidade (e olhe que são muitas). O que elas dizem...
Na opinião dos cientistas a genética nos ajuda a viver mais. Assim se você tem os "gens" certos é um candidato a centenário. Além disso, o estilo de vida é outro caminho apontado pelas pesquisas. Especialmente aquilo que você come.
O pai de uma grande amiga, no alto dos seus 96 anos, diz que 'o segredo é comer pouco para viver muito". Ele, ao contrario da inglesa, casou duas vezes, e, recentemente viúvo diz ter recebido propostas de cantidatas à novas companheiras.

O japoneses comprovam com a máxima da pouca comida do Sr. Rufino. Apesar de serem serem notórios fumantes, consumidores de alcool e trabalhadores incansáveis, eles vivem mais. A dieta com alimentos pobres em gordura, com peixe, legumes e produtos a base de soja é uma das explicações. Neste mesmo caminho, os gregos e os italianos, com a sua dieta mediterrânea, com azeite de oliva e vinho também estão entre os que vivem mais. Mas será que nós brasileiros adotando dietas semelhantes viveriamos mais?

A versão brasileira para a longevidade alcançada pela alimentação vem do Amazonas, onde a pequena cidade de Maulés. Descoberta pela previdencia social, que foi pesquisar porque existiam tantos aposentados, virou tema de pesquisa acadêmica, e a longevidade foi associada ao uso de peixes e frutos da região, como o guaraná por exemplo.

Mas não são apenas os fatores alimentares os referidos pelas pesquisas. Dormir bem, ter equilíbrio emocional, mas decididamente dinheiro não trás longevidade, será? Mas boa assistência no adoecimento ele traz.

Como são tantas elas têm resultados as vezes discordantes, como a que aponta a longevidade dos gordinhos. O aquelas que buscam o grande sonho da industria farmacêutica, um medicamento que proporcione a longevidade. Será que chegaremos lá algum dia?

E você o que considera o segredo de uma vida longa?

6 comentários:

Vanessa 26 de fevereiro de 2011 20:34  

Tucha, eu não sei qual o segredo mas que não é o que a senhorinha da matéria diz, não é, não. Uma longa vida miserável, foi isso o que ela teve. :-)

bjs

Bergilde Croce 27 de fevereiro de 2011 08:31  

Tucha,lí sua reflexão e concordo parcialmente com as referências trazidas acerca da longevidade(assunto que também muito me interessa).Recentemente fiquei impressionada com um documentário italiano que mostrava a região da Sardenha como a que tem maior índice de anciães no mundo e sabe o que os entrevistados disseram ser o segredo da vida longa? O ar de montanha,a água mineral vulcânica,o vinho e a polenta,além do bom humor(risos).Cada um tem a sua receita mas fico com a idéia de que é preciso encontrar equilibrio pra bem viver e isto se encontra nas coisas mais simples dessa vida!Detalhe,minha sogra tem quase 91 anos e é muito lúcida,autônoma em tudo e me diz que tudo isso se deve ao 'cibo genuíno'(comida genuína) que comia antes de vir pra cidade grande.
Abraços,
Bergilde

Georgia 27 de fevereiro de 2011 15:58  

Marta, viver tudo isso e sem sexo??? Tenha dó, viu. prefiro viver menos, rs.

Qto as dietas temos que pensar. Achei o povo bem gordo desta última vez que fui ao Brasil. As comidas estao bem diferentes do cardápio do brasileiro.

Bjao e boa semana

Pedro,  27 de fevereiro de 2011 23:28  

Minha Vó ,que eu chamava de Mãe Pequena ,viveu até os 106 anos.Casou aos 16 teve 11 filhos naturais e um adotado.Comia de tudo inclusive a comida bahiana (a base de dendê) e tomava os chás dela para digestão.Era sempre lúcida e sábia para encaminhar os desáfios do dia a dia de uma grande familia,tinha uma fé e uma espiritualidade bem prática contextualizada com as coisas do cotidiano....Viver cento e tantos sem "cumer" nada nem ninguem ..sei não viu!!!

RAMON(ES) 28 de fevereiro de 2011 11:56  

O segredo é viver bem! E tentar ser feliz.
ehehhehe

Blogger 8 de dezembro de 2016 13:32  

You could be eligible to get a $1,000 Amazon Gift Card.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO