#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

sábado, 6 de novembro de 2010

BUENOS AIRES, QUERIDOS 3


Parques e praças humanizam uma cidade. Além do contato com a natureza que propiciam, são espaços de convivência onde é possível conversar, namorar, brincar e até tirar um cochilo.
BsAs tem muitas áreas verdes, o que me deixou com inveja dos que ai residem. Este post mostra um pouco destas maravilhas urbanas.


A inspiração no paisagismo dos jardins é francesa, não é atoa que a chamam de Paris da Latino América.

Estão em Palermo os mais belos jardins da cidade. Um dos lugares que achei mais bonitos foi o Rosedal. Depois de passar pelo Jardim do Poetas, onde estão estatuas dos maiores poetas do mundo, chegamos as rosas.

São roseiras de cores diversificadas, dipostas em alamedas, muito bem cuidadas. Se por acaso algum turista distraído senta na grama imediatamente um dos funcionários educadamente lhe solicita levantar.









Aqui está a Pérgola dos Contos, onde era possível sentar e ouvir contos de autores nacionais através de um serviço de som. Achei a idéia muito original.

Complementa o paisagismo do local uma chamosa lagoa com patinhos. Um lugar perfeito para um passeio com as crianças ou quem sabe um bom piquenique.

Mais adiante fica o Jardim Japones, um presente da comunidade japonesa aos argentinos. Um local bem agradável para passear e relaxar, pois o clima é bem zem.

Lagos, pedras, cascatas, pontes, bonsais, tudo muito hamonizado e encantador.



O Jardim Botanico, também em Palermo, é um outro espaço, para caminhadas


Ainda há outros lugares verdes para passeio: o Jardim Zoológico, o Parque Ecológico.... Mas vão ter que ficar para uma próxima vez.
Fecho com este gatinho contemplativo nas alamedas do J. Botanico.

3 comentários:

Bergilde Croce 7 de novembro de 2010 07:52  

Lindos mesmos esses jardins Tucha.Já havia ouvido falar na beleza argentina,mas aqui fico impressionada com o cuidado que eles têm com o patrimônio público.Ah,Brasil,vamos dar mais atenção pois temos tanta coisa bela sendo mal tratada!

Bel 7 de novembro de 2010 09:01  

São mesmo belíssimos! É um lado de Buenos Aires que as pessoas pouco exploram... deve ser porque o tempo em cada cidade é pouco... bom é ir a poucos lugares, e com calma, pra chegar a conhecer a "vida da cidade"!

Bjooo

Georgia 12 de novembro de 2010 13:12  

Marta, esse teu passeio tá deixando a gente com a maior inveja, viu;)

Mas inveja da boa!!!


Bjao

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO