#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

sábado, 11 de setembro de 2010

DANÇANDO

Fora do ritmo, só há danação.
Fora da poesia não há salvação.
A poesia é dança e a dança é alegria.
Dança, pois, teu desespero, dança.
Tua miséria, teus arrebatamentos,
Teus júbilos
E,
Mesmo que temas imensamente a Deus,
Dança como David diante da Arca da Aliança;
Mesmo que temas imensamente a morte,
Dança diante da tua cova.
Tece coroas de rimas...
Enquanto o poema não termina
A rima é como uma esperança
Que eternamente se renova.

Mário Quintana - Aula Inaugural - Nova Antologia Póetica - Ed, Globo

Para renovar a esperança na vida e despertar a alegria, tenho seguido o conselho do poeta e dançado. Mesmo com a coordenação abaixo de zero (rs,rs,rs) dou meus passinhos.

Vi no YouTube esta copilação das mais famosas cena de dança do cinema e dou de presente pra vcs... inspiração para o sábado. Vamos dançar ?




4 comentários:

Dalva 12 de setembro de 2010 16:08  

Oi, querida...

o vídeo é uma delícia... adorável!

Beijinhos, e "dançar" é preciso, sim!

Flor ♥ 12 de setembro de 2010 16:48  

E a pura verdade é que quem canta e dança, seus males espanta...

Boa semana!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO