#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

terça-feira, 30 de junho de 2009

INVERNO


Ventania ao entardecer
contemplo o poente
(procuro esquecer)

Aves imersas no céu
voam e mergulham no mar,
como acontece no amor,
fechar os olhos
imaginar e submergir

Anoitece
(preciso esquecer)

Entre nuvens
lua extemporânea
hóspede da estação
seu cheiro voltando no vento
(lembro)

Quase meia noite
você telefona

Os gestos dos amantes
Contêm uma certa
imprevisão do tempo,
(choveu)

6 comentários:

Bergilde Croce 30 de junho de 2009 19:13  

O inverno é mesmo uma estaçao bem inspiradora para fazer poesias!Abraços,mas espero chegar por ai sem chuva...

MEUS PENSAMENTOS 30 de junho de 2009 21:12  

mui belo!
venha me visitar estoufestejando niver do blog falta vc!

Georgia 1 de julho de 2009 06:53  

Muito lindo.

Mas será que vc conseguiu esquecer?

Abracos menina

Dan 1 de julho de 2009 19:40  

Bonita poesia.
Ah O Inverno!
Tão bom!
Para Amores Entre nuvens

MEUS PENSAMENTOS 1 de julho de 2009 22:32  

obrigada pela visita !
ñ esqueça de trazer para o seu cantinho o selo gentileza,anexido a postagem que acabastes de comentar se desejar é claro!bjs!

Henrique Hemidio 2 de julho de 2009 13:55  

Não vou me matar

mas é inútil resistir


um dia terei que morrer

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO