#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

CATARATAS DO IGUAÇU - LADO BRASILEIRO


Caminhando pelo Parque Nacional do Iguaçu e contemplando a belezas das Cataratas, fico imaginando o pasmo de quem descobriu esta maravilha. Os primeiros habitantes da região, que a batizaram - Iguaçu, em tupi guarani, "água grande".





Este acidente geográfico, com cerca de 80 m de altura, com largura de 2780 m, compartilhados por Brasil e Argentina, encanta visitantes de todo o mundo. São 800 m no lado brasileiro e 1900 m no argentino. Um patrimônio Natural da Humanidade.




E qual o melhor lado de visitar o brasileiro ou o argentino ? A pergunta sempre feita. Considero que os dois lados são complementares, cada qual com suas particularidades.


Usando uma metáfora baiana diria que o lado Brasil é como pular o carnaval num camarote, mais tranquilo e menos cansativo. Mas cheio de animação.




Ao chegar ao Parque Nacional do Iguaçu  um centro de atenção, recebe o turista, com folheto explicativo sobre o que é possível desfrutar, trilhas, rapel, arvorismo, passeios de barco, contemplação etc. E estão disponíveis ônibus para circulação.

Da parada em frente ao Hotel das Cataratas vale caminhar até Porto Canoas. Uma passarela panorâmica de 1200 metros, com inúmeros mirantes para que possamos nos deliciar com os vários ângulos da catarata. (fotos anteriores).



No trajeto somos surpreendidos a todo momento com um novo ângulo da maravilha.


O emocionante da experiência do lado brasileiro é a caminhada na passarela  da garganta do diabo, aqui vista de longe.



Mas o gostoso é sentir a água das cataratas lhe molhando completamente, uma delícia.


As fotos saem todas cheias de pingos de água. A máquina a prova d'água que ganhei de presente foi testada e aprovada.




Em outros momentos a gente mal consegue ver, quando o vapor d'água se condensa e flutua no ar, como andar entre nuvens,


Como passeio opcional fizemos o Macuco Safari. A proposta é de uma visita bem próxima as cataratas (no limite da segurança). Para chegar ao rio, transcorremos uma trilha em meio a mata. Inicialmente de trenzinho...




E com a ajuda de um guia vamos contemplando a rica biodiversidade com espécimes da flora e fauna brasileiraNa verdade mais da flora e bichinhos não estavam muito animados. Só os quatis que atacam seu lanche, se você vacilar.


 Depois deixamos o trenzinho e caminhamos por uma trilha de madeira, uma aventura para os pequenos.



Pequena quedas d'água nos surpreendem pelo caminho.




Mas a maior emoção é a do passeio de bote no limite seguro das cataratas. Por mais que julguemos estar preparadas, vamos nos molhar... 



Mas vale a pena. Minha sugestão é levar uma roupa pra trocar ápos o passeio.
 

Mesmo com câmara a prova d'água não conseguir fazer fotos nos momentos mais emocionantes.  

Para que possam sentir a emoção veja o quão perto chegamos 



Almoçamos no restaurante Porto Canoas, um buffet com cardápio variado saboroso, sem dúvida, mas o forte do lugar é a bela vista.

Para chegar até o Parque Nacional do Iguaçu você pode contratar uma agencia de turismo, alugar um carro (há estacionamento disponível) ou usar transporte público, que é bem eficiente. Como queríamos ficar bem á vontade usamos o transporte público e fomos e voltamos na "nossa" hora.  


 

1 comentários:

Ramon Prates 16 de dezembro de 2015 21:48  

Lindas fotos, tenho muito interesse em conhecer esse lugar.
Adorei as fotos de você e Malu de capa de chuva.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO