#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

terça-feira, 13 de outubro de 2015

SANTIAGO DE COMPOSTELA

A cidade de Santiago de Compostela, como todos sabem é o destino de uma famosa peregrinação cristã. Porque a cidade recebeu o nome do apóstolo de Cristo, Tiago, o filho de Zebedeu ?  A história envolve toda uma mística e acreditar é uma questão de fé.


Conta a lenda que foi o apóstolo Tiago quem trouxe a palavra do evangelho a Hispânia. Posteriormente, prossegue a tradição, seus restos mortais chegaram até aqui, através do mar e foram sepultados. Essa crença mobiliza a peregrinação até a cidade. 


A cidade foi destruída pelos árabes, na época em que invadiram e dominaram a Península Ibérica, mas, ao que consta, respeitaram o sepulcro do santo. Mais tarde os cristãos reconstruíram a cidade, cercando-a com muralhas, abrangendo a área que é hoje a parte antiga da cidade. Hoje é Patrimônio da Humanidade, declarado pela UNESCO. 


A catedral romântica, começou a ser construída em 1754 só foi concluída em 1125. Externamente o templo tem inúmeros portais esculpidos em pedra. 



Existem muitos símbolos que aparecem na Catedral. O mais famoso é concha da vieira (marisco muito comum na Galícia) ela aparece várias vezes do templo, tanto no exterior quanto no interior. Ela e as setas sinalizam o trajeto do Caminho de Santiago.


Nessa concha interna, outro símbolo - a Cruz de Santiago,  uma Cruz Vermelha em forma de espada que adorna também a roupa dos Cavaleiros da Ordem de Santiago.


Outro símbolo é a Cruz da Consagração do Templo, preparadas no seculo XII para comemorar a consagração do templo. São 12 cruzes distribuídas em pontos estratégicos.


O interior é belíssimo. A forma da planta é uma cruz, como ocorre no estilo romântico. A nave mede 97 m de cumprimento e 24 m de altura. Além da nave central existem diversas capelas, datadas de várias épocas, com dimensões diferentes.



Acima do altar um dossel no estilo, nas suas proximidades está localizado próximo ao mausoléu romano que se supõe abrigar os restos mortais de São Tiago. Os fiéis fazem fila para ver a estátua do apóstolo e visitar as relíquias.

As cúpulas são de uma beleza a parte e merecem ser contempladas.


Em uma delas, outro símbolo, um olho dentro de um triângulo. Certamente representando a onisciência divina, com o triângulo possivelmente, relacionado a trindade de Deus no cristianismo. Andei pesquisando e este "olho que tudo vê" está também na nota do dólar.


'
  
Outro objeto famoso é o "Botafumeiro", um incensário gigantesco de latão banhado com prata, que mede cerca de 1,6 m. Dizem que é o maior do mundo. Para movimentá-lo ao longo da nave há um mecanismo de roldanas, que é acionado por um grupo de 8 homens, os "tirabaleiros". Não o vi em movimento.



Saindo da Catedral você pode encontrar um gaiteiro tocando música celta. Tive sorte, além de bom músico o moço era muito formoso. Fiz um pequeno vídeo mas não conseguir colocar aqui.




Na parte posterior um museu que conta a história da catedral.



Ao redor da catedral, palácios românticos, gótico e barrocos tornando-se uma das mais belas áreas urbanos do mundo.


Bom mesmo é passear sem compromisso pelas ruas da cidade, sem preocupação com a hora. Além da beleza do casario, muitas lojinhas para descobrir regalos para os amigos ou recuerdos de viagem.




Minha pose aqui na Fuente dos Caballos, uma das muitas belas praças daqui.

q
Quem sabe um dia a gente se faça o Caminho de Santiago e possa experimentar suas dores e delícias. As vezes ficou animada, mas meu joelho sempre diz que não.

1 comentários:

Ramon Prates 19 de outubro de 2015 07:45  

Seu joelho sempre diz não é ótimo.
eheheheh

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO