#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

segunda-feira, 10 de maio de 2010

ALICE


Mesmo atrasada vou cumprir o desafio Lewis Carroll e o Fio de Ariadene. Decidi não usar nada do que li sobre o autor, mas buscar recuperar o impacto da obra Alice no País das Maravilhas na minha infância.

Conheci Alice na animação da Disney, fiquei encantada com o jeito gracioso da menina. Completamente diferente das sofridas Branca de Neve ou da Cinderela que viviam apenas para a busca do príncipe que as fizesse felizes para sempre.
O País das Maravilhas era um assombro, cheio de cores, num clima de realismo fantástica. Além dos animais e plantas falantes, que já existiam em outras histórias, mas os daquela história não se preocupavam em dar lições de moral como os das fábulas, suas atitudes um tanto malucas, eram divertidos, cheios de contradições.

A sensação era de estar vivendo um sonho, encolhendo ou crescendo para se esconder ou enfrentar numa nova perspectiva os absurdos que vão acontecendo. Mesmo assim o vestidinho azul de Alice continuava arrumadinho e o cabelo louro preso com o laço de fita irretocável.

Vendo trechos do filme na internet fiquei encantada com a qualidade da animação. Foi feito em 1951, imagino todo o trabalho de equipe para realizá-lo, cosiderando os recursos técnicos limitados da época. Hoje a ajuda da computação revolucionou e facilitou as animações.

E você já correu atrás do coelho branco ?

4 comentários:

RAMON(ES) 12 de maio de 2010 08:26  

O computador revolucionou sim as animações. Pode até ter facilitado, mas ainda continua dando bastante trabalho.

Bergilde Croce 13 de maio de 2010 07:11  

Um livro maravilhoso e sua reprodução cinematográfica ainda mais bela.Fran foi ver com o papà e parece que gostou porque quer ver com a irmazinha o dvd quando estiver disponível por aqui.Abraços,Bergilde

Vanessa 13 de maio de 2010 21:31  

Tucha, obrigada pelo link, já atualizei a lista publicada hoje no Fio. Beijos

Dalva 16 de maio de 2010 12:13  

Olá, querida!

Hoje vim matar as saudades...

Peço desculpas pela ausência durante a semana, mas os dias têm sido muito corridos. Sinto falta de poder passar pelos blogs amigos e ler as postagens diárias e manter este contato e interatividade tão gratificantes que a blogosfera nos proporciona...

Desejo a você uma semana cheia de paz!

Com o meu carinho.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO