#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

DESEJOS DE NATAL



Não vou como o Machado, perguntar o que mudou, como e quando no Natal. Os tempos mudam os natais também. Nem vou aborrecer vocês com borrões de memória de Natais da infância e juventude, felizes, tristes ou divertidos.

Mas é tempo de desejar. Antigas e novas aspirações. As que persistem sendo desejadas: que os homens aprendam a conviver com a paz e harmonia, cooperação, integração, solidariedade as mais recentes que os homens se encantem com a natureza e se mobilizem para salvar o planeta (mesmo não acontecendo fica desejado).

Adia-se outra vez
a instalação do amor,
o adverso da paz?
Mesmo assim, mesmo em sonho,
outra vez se deseja
a instalação da paz,
o advento do amor.

Carlos Drummond de Andrade – Natal de 1975

3 comentários:

Bel 23 de dezembro de 2009 07:31  

Belos e bons desejos! Que sejam alcançados, ainda que se mostrem impossíveis!

Nenhum post sobre o aniversário???

Beijooo

Luma Rosa 23 de dezembro de 2009 10:29  

Natal é renovação! Nada de olhar pra trás e se arrepender! (rs*) Mas se magoou alguém e tem consciênca disto, está é a hora!!

Feliz natal, Tucha!!! Beijus,

Tina 23 de dezembro de 2009 20:36  

Oi Tucha!

Feliz Natal! Assino embaixo dos dizeres da Luma.

beijo grande, cuide-se.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO