#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

sábado, 7 de março de 2009

PRESENÇA INDIGENA




Além da beleza de Quito a presença indigena nas ruas, com seus trajes tradicionais, faz do Equador um país muito original. Eles resistiram ao poder destrutivo dos colonizadores espanhóis , se misturaram muito pouco e mantiveram seus costumes e tradições.
Significativos na população, representam 90% dela, negros e brancos constituem os outros 10%. Recentemente a valorização da cultura e do idioma, quichua, que passou a ser ensinado nas escolas, como uma segunda língua.

Uma das partes mais interessante da viagem foi a ida a Otavalo, lá acontece aos sábados a maior feira indigena da latino américa. Fomos na sexta à tarde, dormindo na cidade, para ver a feira desde o começo.
O jantar foi especial, com direito a música andina ao vivo. As comidas deliciosos pescados e pratos tradicionais.


A feira lembra muito as nordestinas, se estende pela praça e ruas circunvizinhas. Se encontra de tudo ou quase tudo. Frutas, legumes, especiarias locais, comidas.


O forte é o artezanato, sobretudo os realizados em lã: tapetes, casacos, ponchos, gorros, bolsas; bordado em tecidos; cerâmicas, pinturas, jóias em prata e pedras.


Encontrei até uma camisa do São Paulo.


O trabalho nas barracas envolve toda a família, e as crianças também sabem negociar. O preço não é fixo e a arte de regatear tem que ser exercida. Quando você quer dar? perguntam.


Também a música esta presente na feira com harpas, flautas e até um multi-músico, tocando flauta, tambor, pratos e ainda carregando uma criança nas costas.

2 comentários:

Pedro Rocha,  7 de março de 2009 17:32  

Aguardo a qualquer momento a foto de vocês num daqueles onibus com bagageiro sobre o teto!!!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO