#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

ESTOY LISTA


Durante esta semana fiz hidroginástica todos os dias, parte da preparação para a viagem. O condicionamento está razoável. Uma questão a parte são as altitudes.

Quito, a capital do Equador, está na região andina, em um vale rodeado por montanhas e vulcões, alguns ativos. Elevada a 2.850 m. Acostumar a respirar nas alturas exige um certo tempo. Ajuda chá de coca e calma, ter paciência com o corpo e suas adaptações.
Outro item da preparação são as malas. O que levar? Mala é um assunto delicado, especialmente para mulheres. Você conhece alguma que viaja com uma mala minúscula? Meu sonho era levar apenas uma mala pequena, com tudo que preciso e uma mochila. Não consegui. Só a Mary Poppins consegue por 'tudo' numa malinha.


Quando penso que são 15 dias em um clima quente, que pode também ficar um pouco frio na avenida dos vulcões, ter espaço para roupas de banho em Galápagos, trilhas que exigem tênis, noites que exigem um vestidinho sedutor. Depois tenho que levar shampu, creminhos para o cabelo, para o rosto, bijoux. E tem também uma câmara fotográfica, um carregador de pilhas, um pen drive.


Enfim, me digam como tudo isso pode caber numa mala pequena. Sinceramente não consegui. Talvez os homens consigam, será? Mas mulher é outra história.

Decidi compactar as roupas na mala pequena, tá sendo difícil fechar o zíper, mas vou conseguir. Tênis, sapato e cosméticos vão em uma sacola. Afinal tenho duas mãos “e o sentimento do mundo”, diria o poeta. Nas costas fica a mochila, com os documentos, um pouco de dinheiro, guias de viagem, roupinha extra, em caso de urgência de perda de mala. Acho que posso carregar isto.

Certamente esta bagagem vai voltar um pouco mais pesada do que foi. Afinal, uma da nossas paradas é Otavalo, o maior mercado indigena do continente. Mesmo com pouquíssima grana, certamente vou comprar algum ‘recuerdo’.

Fico imaginando que o meu sonho é tirar um ano sabático, ou pelo menos seis meses. E ai, como seria a mala. Como fazer uma mala enxuta par ao ano inteirinho caminhando por ai? Se na mala de 15 dias estou morrendo de medo de ter esquecido algo.

Estou aprendendo cada vez mais a arte do desapego. Se esquecer de algo, relaxar e tentar sobreviver. A escova de dente, a pasta, o sabonete e o protetor solar já estão na mala. O essencial, diria. Mas o essencial é invisível aos olhos diz o pequeno príncipe (rs,rs,rs) . O essencial invisivel: bom humor, espírito de aventura, estou levando também...

E você, o que levaria na sua bagagem?

1 comentários:

Bel 20 de fevereiro de 2009 07:46  

Usted estas lista, yo estoy babando! Hahahahaha
Estou adorando acompanhar os preparativos para a viagem. E vou querer acompanhar em tempo real também!!! Sei que você vai dar um jeitinho de encontrar uma lan house pra dar notícias, não vai?
Seu roteiro está daqueles pra seguir atrás. Então, faça o favor de incluir na bagagem uma cadernetinha de anotações com o que foi bom, os hotéis, e o que evitar, coisas no gênero.

Quem sabe isso não vira um livrinho depois???

Beijooooooooooooooooo e boa viagem!!!

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO