#navbar-iframe { height: 0px; visibility: hidden; display: none; }

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

CAMINHANDO PELAS POÉTICAS RUAS DE SALVADOR

Amigos meus organizam anualmente uma caminhada pelas ruas de Salvador. Cada ano um tema é escolhido: fortes, farois, construções de uma determinada época. Helô, Márcio e Evandro, pesquisam e organizam o roteiro e caímos nas ruas.

Esse ano o tema foi a Poética das ruas da Bahia , ruas de nome pitorescos foram escolhidas e de máquina fotografica nas mãos, preparados para o sol e a caminhada...

A partida foi no Campo da Póvora...

Começamos descendo a Rua da Cova da Onça, o nome asseguram alguns, vem do fato de haverem enterrado um felino dessa espécie por lá. É os nomes tem história, de um outro tempo, que foram passando de geração em geração. Por aqui vai passar o metrô um dia e quem sabe a rua fique mais esquecida do que agora.

Aqui estamos nós na Fonte Nova, lembrando de um tempo em que a população da cidade abastecia suas casas ns fontes e cafarizes.

E seguimos pelas Sete Portas, Fonte da Vovó (só restou o nome, a fonte secou), Ladeira do Funil, Rua do Gado, Estrada da Rainha, Ladeira da Água Brusca, Ladeira do Boquirão, Rua dos Carvões, Rua dos Ossos, Rua dos Perdões, rua dos Adobes, Ladeira do Boqueirão, Cruz do Pascal, Ladeira do Aquidabã... até

A grande expectativa do grupo era este beco famoso: O Beco das Gostosas.

Foram fotos e mais fotos...

Todas as mulheres assumiram sua gostosura e queriam registar a passagem.

Mas estavamos apenas no meio do caminho...

E como Salvador é a terra das ladeiras subimos mais uma e fomos parar no bairro da Saúde.

Lá, onde morei na década de 70, as recordações afloraram... Ruas onde caminhava com a minha filha pequenina...
Do Jogo do Carneiro, onde morei, fomos para a Rua do Jenipapeiro, onde agora encontramos uma mangueira carregada.

Descemos pela rua da Poeira, cruzando com a Rua da Agonia (será que a poeira entrava nos olhos ... e chegava a agonia?)

E voltamos a Baixa do Sapateiro... para subir mais uma ladeira .... a de São Miguel.... e fomos parar no Pelorinho. ..

Terreiro de Jesus, Rua da Oração, Rua do Bispo, Rua do Tira Chapéu, Ladeira do Pau da Bandeira, Rua das Vassoras....

E no centro de Salvador...Beco do Mingau, Rua do Cabeça, Rua da Força, Rua do Faísca

E terminamos no Largo do Aflitos.... sem aflição mas cansaço...

Poéticamente na Toalha da Saudade.... com muita música...

Os filhos de Batatinha puxaram a cantoria, música e cerveja até o final da tarde fecharam a caminhada...

3 comentários:

Bel 22 de novembro de 2008 08:58  

Eu já tinha ficado com vontade antes, mas agora babei. E olha que caminhar não é bem a minha praia... mas acho que desse jeito eu gostaria!!

No próximo ano, quem sabe???

Bjoooo

RAMON(ES) 23 de novembro de 2008 12:08  

Depois ajeita a fonte, ficou uma parte de um tamanho e outra com tamanho diferente. E faltou falar dos atalhos e tb do "combustivel" da caminhada.
hehehehehehe

Célia/Ivone/Ligia,  24 de outubro de 2011 16:40  

Adoramos a ideia da caminhada! O Lelo iria curtir muito, pois adora historia. A turma aceita adeptos?
Mil beijos!Saudade...
Célia, Ivone e Ligia.
PS:Ivone recebeu o beijo.

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO